Início » Estética » 7 cuidados que ajudam na conservação do carro

7 cuidados que ajudam na conservação do carro

blank

Você já ouviu falar no termo “Car Care“? Traduzido literalmente ele significa “cuidados com o carro”, e vem se tornando cada vez mais popular no mercado de estética automotiva.

Foi-se o tempo em que os carros eram feitos somente “para andar”. As grandes empresas automotivas estão voltados aos detalhes, design, conforto e elegância ao dirigir.

E a expressão “detailing“? Ela se trata de um serviço de estética automotiva perfeito, nos mínimos detalhes. Se você é o tipo de pessoa que não gosta que ninguém encoste no seu carro para não danificar a lataria, você é um detailer em potencial e vai adorar nossa revisão de hoje.

Nesse processo de detailing, é possível encontrar desde funções mais básicas para recuperação de veículos danificados em acidentes até serviços mais minuciosos, com o objetivo de melhorar sua aparência e garantir uma proteção extra.

1. Martelinho de ouro

blank

O martelinho de ouro — técnica que foi desenvolvida no Brasil — faz parte da funilaria. Foi criado para recuperar a lataria dos automóveis e é indicado quando há reparos menores a serem realizados. Seu destaque fica por conta da utilização de ferramentas que desamassam sem danificar a tinta.

Se o seu objetivo é manter a estética por um preço barato e sem precisar repintar a parte consertada. Você deve buscar esse procedimento antes de um serviço de funilaria convencional.

Isso porque os cuidados de recuperação por meio do martelinho de ouro são maiores, pois não é necessário lixamento, pintura ou massa, que comprometem a originalidade do veiculo.

Essa garantia é dada pelas oficinas que fornecem esse tipo de serviço, para que você tenha a certeza de que receberá seu carro de volta com a pintura original. Por isso, essa técnica é recomendada para a conservação do veículo.

2. Pintura

blank

A pintura é uma estética automotiva muito procurada. Isso ocorre porque ela pode ser aplicada em qualquer modelo e está atrelada ao processo de customização, tão desejado por diversos motoristas.

Por parecer algo simples de fazer, muita gente se arrisca a realizá-la por conta própria, com técnicas amadoras, o que, em geral, pode não gerar o resultado esperado.  

A pintura apesar de ter procedimentos simples, requer prática do pintor para obter o resultado desejado. Caso você deseje fazer a pintura do seu próprio carro, tenha ciência que os seus primeiros trabalhos tem grandes chances de ficarem ruim, dado a falta de prática.

Uma das dificuldades na pintura é a tonalização, caso a lataria não seja pintada por completo. É comum, mesmo comprando a tinta exatamente igual, o resultado da tonalização ser diferente, causando leves diferenças de cores.

3. Espelhamento e Polimento

blank

Tanto o espelhamento quanto o polimento tem como objetivo trazer mais vida para a pintura do carro, por meio de revitalizações no verniz do veículo. Porém apesar de alcançarem o mesmo objetivo, são técnicas diferentes.

O processo de espelhamento é diferente do polimento, pois enquanto no polimento temos o desbaste do verniz, um procedimento muito mais abrasivo, no espelhamento ocorre um nivelamento do verniz da pintura, aplicando um produto para dar uma proteção extra a última camada protetora da pintura do carro, o verniz.

Toda vez que é feito um polimento no carro é retirado material, sendo que o verniz de um carro costuma suportar até quatro polimentos, depois disso não há mais verniz para ser retirado e a técnica causa efeito inverso, deixando o carro opaco e feio.

O efeito causado pelo espelhamento produz um tratamento melhor que o polimento, porém custa mais caro. Fica a seu critério escolher o melhor para seu veículo.

4. Vitrificação

blank

É uma proteção de alto desempenho para a pintura do carro, que ressalta o brilho e a cor. A vitrificação é uma estética automotiva muito procurada atualmente. Trata-se da aplicação de um produto chamado de vidro líquido (resina sílica vítrea).

Mesmo que muita gente pense que vitrificar e cristalizar são a mesma coisa, na realidade esses dois procedimentos são diferentes, uma vez que o primeiro garante muito mais durabilidade, desempenho e resistência que o segundo.

São diversos os benefícios ao optar por esse serviço, pois ele eleva e revitaliza o brilho do veículo por meio da película superprotetora que forma, capaz de evitar agentes externos, como:

  • raios solares;
  • maresias;
  • seiva de árvores;
  • impactos.

E as vantagens não param por aí: não será preciso, por exemplo, fazer cristalização, enceramentos ou polimentos. Isso porque a vitrificação pode durar até três anos e consegue garantir um efeito que cobre os demais procedimentos estéticos.

Por garantir longa durabilidade, é possível economizar, inclusive, com materiais de higienização e demais produtos que seriam usados para realizar limpezas profundas.

5. Cera

blank

Caso você opte pela boa e velha cera em vez do espelhamento, polimento ou vitrificação, pode ler esse nosso artigo, onde abordamos as melhores ceras para você utilizar no seu carro

6. Higienização interna

blank

Tão relevante quanto lavar o carro por fora é limpar a parte interna sempre que possível. Afinal de contas, esse procedimento ajuda a conservar e a prolongar a vida útil dos acessórios automotivos, bem como garante mais segurança aos passageiros.

Com o passar do tempo, o espaço interno do veículo pode apresentar mau cheiro, manchas, poeira, ácaros, bactérias e fungos prejudiciais ao bem-estar dos ocupantes. O processo envolve a limpeza de teto, painel, portas, vidros, tapetes, carpete, cintos de segurança, plásticos e estofados (de couro ou tecido).

Pode ser realizado por você mesmo, desde que tenha conhecimento de produtos e equipamentos específicos. Além de conhecimento para desmontar as partes internas do carro, para ter melhor acesso a sujeira e partes encardidas.

Após a limpeza, você pode utilizar produtos como o Restaurax da Vonixx, produto brasileiro e exportado para diversos países, que trará mais vida para as partes plásticas do seu carro e ajudará a conservar dos raios solares por um longo período.

7. Manutenção do ar-condicionado

blank

Não se esqueça do filtro de ar-condicionado. Impurezas nocivas se acumulam no interior do dispositivo, podendo causar não só danos à saúde, mas também a obstrução dos tubos da câmara de refrigeração.

Aconselhamos a trocar com frequência o filtro de ar da cabine, também chamado de filtro de ar-condicionado. Além de ser barato, é um serviço que pode ser realizado por você mesmo e lhe garante um ar com menos impurezas circulando dentro da cabine.

Além disso, fique atento aos sinais como odores fortes, ruídos, goteiras e falhas no sistema. Temos um artigo detalhado sobre manutenção correta do ar condicionado, onde fica evidente a necessidade de cuidado.

Conclusão

Esperamos que os tipos de estética automotiva mencionados ao longo deste conteúdo tenham te ajudado a esclarecer um pouco mais sobre o tema. Agora, basta escolher os serviços que mais se encaixam com os seus desejos e necessidades.

Assim, você garante a valorização do seu automóvel e sempre estará atento a qualquer detalhe que possa comprometer sua aparência.

blank

27 anos, trabalho na área da saúde. Adoro escrever, por isso colaboro tanto como escritora da AutoXP como da CasoCriminal.com.br, dá uma conferida lá também ;)