Como consertar seu para-brisa trincado gastando pouco

You are currently viewing Como consertar seu para-brisa trincado gastando pouco

A maioria dos motoristas brasileiros não sabe, mas existe reparo em para-brisa trincado. E o melhor de tudo, custando muito mais barato que substituir por um novo.

O para-brisa novo de um carro costuma ter um preço bastante salgado, custando mais de mil reais, dependendo do modelo do carro, além da mão-de-obra para instalação.

Porém existe uma solução pra isso, pouco difundida em território nacional, mas bastante eficaz: reparar o para-brisa. E você mesmo pode fazer na sua casa, com um kit próprio comprado pela internet.

O kit que iremos utilizar você pode comprar com um ótimo preço clicando aqui, se trata do melhor método para esse tipo de reparo. Existem outros kits no mercado, todavia classificamos este como melhor e a seguir iremos te ensinar como usar.

Kit mais eficiente para reparo de para-brisa trincado

Para ilustrar esse artigo, utilizaremos as imagens do canal ChrisFix, caso prefira, você pode ver diretamente o vídeo clicando aqui. Vale lembrar que o vídeo está em inglês, mas aqui já traduzimos tudo pra você e adaptamos de acordo com a realidade brasileira.

Como conferir se o trincado tem solução

Antes de você sair gastando dinheiro com esse kit, é importante conferir se o tipo de trincado que há no seu vidro é reparável. Para isso, confira o seguinte:

  1. Existe um buraco, para que a resina possa entrar;
  2. O buraco é menor que 25mm, ou seja, menor que uma moeda de 50 centavos.

Como realizar o reparo

Agora que você conferiu que existe conserto para seu para-brisa e já comprou o kit, vamos as instruções de uso. Mas, antes disso, é importante salientar que esse tipo de reparo requer bastante cuidado por parte do aplicador, então siga ao máximo as dicas que vamos passar.

1. Coloque seu carro na sombra

Você precisa realizar o reparo com o carro na sombra, o dia não pode estar muito quente e também não muito frio. Algo em torno de 20° a 30° célsius está ótimo.

2. Limpando a área a ser reparada

Com o auxílio de um alfinete, raspe o resto de vidro que ficou dentro da rachadura.

Agora, com o lenço umedecido com álcool que acompanha o kit, limpe a área em volta da rachadura. Afinal, você não quer que a resina também fixe a sujeira presente naquela região.

3. Colando o kit

Chegou a vez de utilizar o disco adesivo que acompanha o kit. Remova a cola de um dos lados, e fixe no meio do buraco, com a ponta direcionada para cima. Aperte bem todos os cantos, para garantir que está devidamente colado em todas as extremidades.

Agora, com o adesivo já colado de um dos lados, retire também a cola que está do outro lado.

Com a cola do adesivo exposta, cole o pedestal que também acompanha o kit nele, tomando cuidado para centralizar o máximo possível. Aperte bem para garantir que está grudado.

4. Aplicando a resina

Chegou a hora de aplicar a resina. Com o tubo que acompanha o kit, aplique toda a resina que acompanha, até o topo do pedestal.

5. Utilizando a seringa

Pegue a seringa e com o êmbolo completamente pressionado, encaixe no topo do pedestal.

Agora, com uma mão segure firme a seringa, pressionando ela para baixo, e com a outra mão puxe o êmbolo para cima. Você irá sentir muita resistência, isso significa que o vácuo está se formando dentro do sistema.

Você irá notar que existem duas travas na seringa, você irá precisar travar em uma delas. Mais precisamente naquela que deixa o êmbolo na maior altura possível.

O resultado deve ser igual o da imagem abaixo. O vácuo estará formado dentro do sistema, o que fará expulsar qualquer bolha que possa ficar na resina. Você pode dar pequenas batidas ao redor da área que está sendo reparada, isso ajudará a eliminar mais rapidamente as bolhas de ar.

Depois de aguardar ao menos 10 minutos, retire a seringa e simplesmente coloque ela novamente, isso fará eliminar o vácuo do sistema.

Com a seringa recolocada no pedestal, empurre o êmbolo um pouco para baixo, e trave na segunda trava da seringa. Isso fará com que a resina entre um pouco melhor no buraco.

Agora, com a seringa pressionada pela metade, aguarde pelo menos 20 minutos.

6. Removendo a seringa, o adesivo e o pedestal

Chegou a hora de remover tanto a seringa quanto o adesivo e o pedestal em formato de disco que colocamos. Para isso, você pode utilizar a navalha que acompanha o kit. Remova com cuidado. Não tenha pressa nesse momento.

7. Acabamento final

Agora você deve dar o acabamento final, essa parte é muito importante. Assim que você remover o adesivo, notará que o resultado vai ficar parecido com o da imagem logo abaixo. NÃO passe nenhum pano, eu sei que é tentador, mas não faça isso.

Para dar o acabamento final, aplique apenas uma gota da resina que sobrou do frasco, e então grude o plástico transparente que acompanha o kit.

8. Espere curar

Agora, com o plástico transparente aplicado no vidro, espere curar por aproximadamente uma hora. Nesse momento, se você preferir, pode deixar o carro exposto ao sol, nesse caso apenas 15 minutos de cura será o suficiente.

9. Remova o plástico

Com o auxílio da navalha, remova o plástico transparente depois de aguardar o processo de cura. Tenha muito cuidado nessa hora, remova com delicadeza.

Agora o processo estará concluído. Nesse momento, você também pode utilizar a navalha para fazer uma pequena raspagem do excesso de resina que possa ter ficado na superfície do vidro. Agora é só dirigir seu carro com o buraco do para-brisa resolvido.

O resultado final fica tão satisfatório que o vidro parece novo. Por isso, fica até difícil mostrar uma imagem de conclusão, já que se trata apenas de um vidro transparente.

Você pode comprar esse kit de reparo com um ótimo preço clicando aqui.

Tobias Chesini

Sou mecânico com muitos anos de experiência. Tenho preferências por carros japoneses e atualmente tenho um Subaru Impreza 2011. Quem sabe um dia consiga ter um Mitsubishi Eclipse ou então dirigir um Honda NSX. Nunca se esqueça: o melhor carro do mundo é o que a gente tem. | Instagram